Cobras e os primeiros socorros

December 5, 2017

Mordidas de cobras são situações não incomuns, mesmo nos grandes centros urbanos. Segundo as estatísticas oficiais* em 2016 no Brasil foram registradas 16.045 mil lesões envolvendo acidente por animais peçonhentos. Apesar de medo e angustia, as pessoas acometidas por esse tipo de situação em sua grande maioria não chegam a óbito.

 

Quando se trata de primeiros socorros, os mitos envolvendo mordidas de cobras alcançam níveis, digamos, intrigantes e assustadores. Exemplos do que não se deve fazer, mas que estão em muitas situações arraigados na cultura popular incluem, por exemplo: “Aplicar gelo ou torniquete, cortar a área para drenar ou sugar o veneno, oferecer bebida alcoólica, aplicar fumo no local, beber chá quente e correr e até mesmo aplicar alface no local são mitos populares que não ajudam em nada as vítimas”. Estes são exemplos do que não se deve fazer no caso mordidas de cobra, mas que estão na “na cultura do improviso”.

 

Os primeiros socorros não podem, portanto, ensinar somente o que fazer de forma correta, mas também o que não fazer. Os improvisos perigosos estão inseridos na cultura e são passados de geração em geração, de amigos para amigos e até mesmo de instrutores para alunos – acredite – isso acontece muito.

 

Imagem: Página 54 do Livro NSC de Primeiros Socorros, RCP e DEA

 

Se ao ler esse texto estiver você estiver pensando: “Mas quem me falou esses mitos não fez por mal, só queria me ajudar”, você está certo! Quem te ensinou um mito não o fez por mal, e neste caso, o melhor a fazer é seguir instruções que tenham sido estudadas com base em evidências científicas e não tendo fundamento o “achismo”.

 

Sugestões para fugir dos mitos e “achismos” dos primeiros socorros para mordidas de cobra:

  • Conheça sobre os tipos de cobras da sua região.

  • Tenha um plano de emergência e saiba onde estão os hospitais de referência para envenenamento por mordidas de cobra.

  • Em situações de emergência, acione o serviço de emergência médica da localidade.

  • Aplique somente técnicas para o qual recebeu treinamento.

  • Seja critico com as informações que recebe e exija a fonte e os estudos que comprovem os primeiros socorrros.

 

Att, Equipe Trophy Treinamentos

 

 

 

*Fonte: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/secretarias/svs/acidentes-por-animais-peconhentos

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

NSC - Sob nova direção no Brasil

May 14, 2019

1/3
Please reload

Posts Recentes

June 25, 2019

June 15, 2019

March 28, 2019

March 20, 2019

March 14, 2019

March 13, 2019

February 26, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload