Mitos de Primeiros Socorros no Cinema


Sugar veneno de cobra, bater nas costas de alguém engasgando, colocar carne crua em olho roxo, remover objeto empalado e tocar na vítima energizada são mitos dos primeiros socorros fáceis de encontrar na indústria cinematográfica.

Mas será que estes procedimentos estão realmente corretos? Acompanhe nesse post, 5 clássicos do cinema que reforçam mitos de primeiros socorros mas que NÃO necessariamente devemos aplicar na vida real.

1. Sugar veneno de cobra

Cena do filme “Se eu ficar” (If I Stay – 2014) em que Adam tira o ferrão de uma abelha com a boca e suga o veneno.

Uma cena comum é o personagem ser mordido por cobra. Quando não usam torniquetes para impedir que o veneno se espalhe – além de mito e errado – é alguém se oferece para sugar o veneno. Às vezes, isso é feito até com certo teor romântico, mostrando o mocinho salvando a mocinha ou vice-versa, porém, são atitudes completamente errôneas.

O uso de torniquete pode cessar a circulação no local, podendo levar à amputação. Já sugar o veneno não só é ineficaz, pois ele se espalha rapidamente pela corrente sanguínea, como também pode causar infecção onde houve a inoculação.

A melhor atitude a se tomar em casos assim é manter a vítima calma, hidratada e acionar o serviço de emergência. Também é importante não deixá-la fazer movimentos bruscos e nem ingerir algo que aumente os batimentos cardíacos, como cafeína ou álcool.

2. Bater nas costas de alguém engasgando

Cena do filme “Uma babá quase perfeita” (Mrs. Doubtfire – 1993) em que Stu está engasgado e Miranda bate em suas costas.

Quem nunca, por instinto, não deu uns tapinhas nas costas de uma pessoa que está engasgando? Isso não só é errado, como pode agravar seriamente o estado da vítima.

Se a obstrução é parcial e a pessoa ainda consegue falar ou emitir algum som, então a deixe tossir até que desobstrua. Se você der tapas nas costas, pode ser que o alimento obstrua de vez a passagem de ar, sufocando a pessoa. Nesse caso, faça compressões abdominais – também conhecidas como Manobra de Heimlich.

3. Aplicar carne crua no olho roxo

Cena do seriado “Seinfeld” (1989 – 1998).

Muitas vezes usada em comédias ou em alguns filmes de ação, a técnica da carne crua não é nem um pouco recomendável. Geralmente, nos filmes e seriados, ela é usada como substituta da bolsa de gelo. Porém, as chances de infeccionar o olho são altas.

Lottie: Trarei um bife para diminuir esse inchaço da pancadaria. Mildred: Isso funciona mesmo? Lottie: Sei lá. Acho que é a ideia é fazer você se sentir melhor em comparação com a vaca. Bad Machinery, 14 de maio de 2012

Em caso de olho roxo (e inchado), aplique apenas gelo – mas nunca sobre o olho ou pálpebra, e sim na região óssea próxima!

4. Remover um objeto empalado no corpo

Cena do filme “Resident Evil 4: Recomeço” (Resident Evil: Afterlife – 2010) em que Alice retira uma faca.

Quem nunca assistiu a uma cena forte de ação em que o personagem é ferido com uma faca enfiada no corpo? Na ficção, é comum isso tomar dois caminhos: ou o próprio personagem tira a faca para continuar lutando ou alguém tira por ele, acreditando que esse é o correto a se fazer e vai impedir que a vítima morra.

Os dois modos estão totalmente errados.Se numa situação real isso acontecer e o objeto ou faca for retirado, as chances de morte aumentam, principalmente se uma artéria tiver sido atingida. Portanto, lembre-se: nunca retire o objeto. Se possível, use gaze e faixas em torno dele para mantê-lo no lugar, e chame imediatamente o serviço de emergência.

5. Tocar em uma pessoa energizada.

Chaves (1971 – 1980)

Como não lembrar da icônica cena de Chaves em que se forma uma corrente de pessoas recebendo descarga elétrica? Ainda que o objetivo fosse dar um efeito cômico com todos tremendo juntos, esse tipo de situação é extremamente perigosa e pode ser fatal.

Ao avistar uma pessoa sendo eletrocutada, não se aproxime até ter certeza de que a energia foi desligada e não há mais riscos para você. Lembre-se de que não tem como ajudar ninguém colocando-se em perigo. Desligue a energia. Chame o serviço de emergência e avalie o estado da vítima se a cena estiver segura. Inicie os primeiros socorros e aplica somente técnicas para o qual foi treinado. A vitima pode precisar de RCP (Ressuscitação Cardiopulmonar) e DEA (Desfibrilador Externo Automático).

Trophy Treinamentos®

É por isso que ensinamos... pela vida!

#Primeirossocorros #Mitoseverdade #dramaturgia

NOSSA MISSÃO É PELA VIDA!

Dedicamos esforços exclusivos para "transmitir conhecimentos e salvar vidas".

 

Para empresas

Treinamentos de alta qualidade em turmas incompany.

Para alunos:

Treinamentos em turmas abertas ao público.

Para instrutores:

Curso de Formação de Instrutor Internacional

Seja Centro Autorizado:

Sua empresa pode fazer da Rede de Centros credenciadas para ministrar cursos NSC

SAC - queremos receber seu contato:

relacionamento@trophytreinamentos.com

(11) 93803.5007 Link para WhatsApp

Políticas Trophy Treinamentos® incluindo LGPD

ALGUMAS DAS NOSSAS SOLUÇÕES...

Formação de Instrutores

Primeiros Socorros

 

Desfibrilação DEA

 

Brigada de Incêndio

 

Trabalhos em Altura NR35

 

Trabalhos em Espaços Confinados NR33

  • Facebook Trophy Treinamentos
  • Instagram Trophy Treinamentos
Youtube Trophy Treinamentos.png

Trophy Treinamentos é distribuidor oficial do National Safety Council no idioma português.

​relacionamento@trophytreinamentos.com    I    (11) 2473.4950

Para atendimento via whatsapp clique aqui (11) 93803.5007

Endereço: Trophy Treinamentos tem filiais em várias localidades distribuídas pelo Brasil. Consulte-nos para saber a unidade mais próxima. 

Website by Trophy Technology/ Copyright 2020©.

Todos os direitos reservados/ All Rights Reserved.